Ivan Marko Milat

Publicado: janeiro 13, 2009 por Mellanye em Ivan Marko Milat

Marko Milat é também conhecido como “O Assassino de Mochileiros”

Começou a vida de SK matando turistas no verão dos anos 90, em New South Wales, Australia.
Os seus crimes ficaram conhecidos como “Backpackers Murders”. Atualmente, cumpre pena em New South Wales e ainda se declara inocente de todas as acusações feitas contra ele.

Em Setembro de 1992 dois corpos, cujos de duas turistas inglesas Joanne Walters e Caroline Clarke for encontrados cobertos por folhas e galhos numa área chamada “Executioners drop”. Em 8 de Outubro de 1993, mais dois corpos foram encontrados do mesmo modo em Belanglo State Forest. Os corpos foram identificados como sendo de James Gibson e Deborah Everist, ambos de 19 anos. A partir de então, pelas coincidências encontradas, era aparente que aqueles eram mais assassinatos praticados por um SK em potencial.
Em 1º de Novembro do mesmo ano, fora encontrado um quinto corpo. Este pertencia a alemã Simone Schmidl, 20. A alemã fora dada como desaparecia em Janeiro de 1991, como havia passado muito tempo entre o sumisso e a achada dos restos mortais, só foi possível a sua identificação através da arcada dentária. Após o aparecimento do cadáver de Simone, mais três corpos foram encontrados três dias depois. E assim subiam para sete o número de vítimas de Marko Milat.
Dia 4 de Novembro de 1993 foram encontrados (no mesmo local – Floresta de Belangalo) os corpos de um casal alemão que passava férias no local, Gabor Neugebauer e Anja Habschied. Gabor foi morto a tiros de uma Ruger 10/22 e punhaladas nas costas, haviam vestígios de estrangulamento; Já Anja, teve sua cabeça decepada e como a parte inferior de seu corpo estava desnuda, há uma hipótese de abuso sexual.
Uma oitava e possível vitima de Milat foi adicionada a lista em Novembro do mesmo ano. Atendia por Diane Pennacchio, 29; Esperava um filho, foi encontrada com as mãos amarradas ás costas, e com o rosto virado para baixo perto de uma árvore caída, como foram as vítimas precedentes.
Os assassinatos de Milat serviram como inspiração para o filme Australiano Wolf Creek, lançado em 2005.

Curiosidades:
– Em maio de 2005, Boris Milat (um irmão mais velho de Ivan) disse numa entrevista a Australian Broadcasting Corporation’s Australian Story: “Não importa onde Ivan os fez, os corpos desapareceram “. E disse “Uns 20, ou mais…”, quando perguntaram quantas vítimas seu irmão fez.

– Ivan é suspeito de mais 10 casos, que por ventura de falta de provas, não foram solucionados. Se todos forem, provados, o total de vitimas de MIlat sobe para 17, o que faz dele o maior SK Australiando, depois Martin Bryant, que matou a tiros 35 pessoas em Port Arthur, 1996

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s