Dennis Rader, The BTK

Publicado: junho 4, 2009 por Mellanye em Dennis Rader, The Bind Torture Kill

Nascido em 9 de Março de 1945, foi acusado de matar 10 pessoas em Sedgwick County, na região de Wichita, Kansas no período de 1974 and 1991.

btkkiller_rader

Era o mais velho de todos os irmãos, filho de William Elvin Rader e Dorothea Mae Cook. Quando novo, costumava torturar animais. Nasceu em Pittsburg, no Kansas, e cresceu em Wichita, frequentou a “Riverview School”, e depois graudou-se em “Wichita Heights High School”. Em 1957, foi confirmado como membro da Igreja Lutherana.
Casou-se com Paula Dietz no dia 22 de Maio de 1971 e teve dois filhos. Em 1979 se graduou como Bacharel em Administração de Entre 1972 e 1973, Rader trabalhou numa assembléia para a compania “Coleman”, onde começou a fazer suas vítimas, na Colleman foram duas.

Depois, seu auto denominava como como “O Assassino BTK” (ou “O estrangulador BTK”), com o significado de “Bind, Torture and Kill” que descreve o seu modus operandi (Amarrar, Torturar e Matar, traduzindo). Ele mandava muitas cartas a policia e meios de comunicação publica, dizendo como eram seus crimes e como os fazia, descrevendo-os friamente. Depois de muito tempo em “hiatus”, BTK resolveu mandar novas cartas em 2005, resultando assim na sua detenção em 2005.

VITIMAS

  • Janeiro 15, 1974: Quatro membros da família Otero:
    Joseph Otero- 38 anos
    Julie Otero – 34 anos, mulher de Joseph
    Joseph Otero II – 9 anos, filho
    Josephine Otero – 11 anos, filha

– Foram estrangulados em suas prórpia casa. Julie foi espancada, ameaçada e amarrada antes de morrer. Josephine foi estrangulada, e com o corpo pacialmente vestido, foi encontrada com uma corda no pesçoco e pendurada no encanamento do porão. Joseph também foi enforcado e asfixiado com 3 sacos na cabeça. Os outros três filhos do casal não sofreram lesões pois se encontravam na escola na hora do crime.

  • Abril 4, 1974: Kathryn Bright, 21 anos. Esfaqueada até a morte em casa, amarrada e parcialmente vestida, com vestígios de sufocamento. Seu irmão levou um tiro mas sobreviveu.
  • Outubro, 1974: uma carta é enviada para o Jornal Wichota Eagle-Beacon, reclamando sobre a autoria do assassinato da familia Otero.
  • Março 17, 1977: Shirley Vian – 26 anos. Encontrada amarrada e enforcada em sua cama, com um plástico sobre a cabeça. Ele amarrara uma corda em volta de seu pescoço, mãos e pés. Vivian tinha três filhos, mas os mesmos não sofreram nenhuma lesão, pois foram trancados no banheiro. NUma carta que BTK enviou a policia, ele contou que o filho mais novo (5 anos) de Vivem foi quem tinha o deixado entrar, e enquanto matava a moça, foi interrompido por um telefonema.
  • Dezembro 8, 1977: Nancy Fox. Foi amarrada e estrangulada com meias de nylon em sua casa. A fiação do telefone havia sido cortada e ela estava parcialmente vestida. A voz de BTK fora gravada quando ele ligou a policia pra informar mais um homicidio de sua autoria.
  • Fevereiro 10, 1978: Ele mandara uma carta a estação de televisão do Kansas, mais uma vez reclamando a autoria dos assassinatos de Nancy Fox e Shirley Vian. Nesta carta continha um poema com o titulo “OH! Death To Nancy” (Oh! Morte para Nancy)
  • Junho 14, 1979: Anna WIlliam recebeu uma carta com um poema de nome “Oh Anna! Why didn’t you appear?” (Oh Anna! POrque você não aparceu?), e isso indicava que ele havia entrado em dua casa com a intenção de mata-la, mas desistiu quando ela não apareceu.
  • Abril 27, 1985: Marine Hedge – 53 anos. Foi sequestrada de sua casa, em Park City, no Kansas. Foi encontrada oito dias depois, estrangulada. Uma meia calça foi encontrada perto do corpo de Marine, e ela mosrava na msma rua que Rader. Só em 2005 este caso foi relafionado aos crimes de BTK.
  • Setembro 16, 1986: Vicki Wegerle – 28 anos. Encontrada estrangulada em sua casa.
  • Janeiro 19, 1991: Dolores Davis. Foi sequestrada de sua casa, por Park City, Kansas. Foi encontrada estrangulada 13 dias depois embaixo de uma ponte. Ela tinha seus braços, mãos e pés amarrados por uma meia calça. Esse crime só foi relacionado com o BTK em 2005.
  • Março 19, 1985: O jornal The Wichita Eagle recebeu uma carta reclamando a responsabilidade pelo assassinato de Wegerle, em Setembro de 1986. Dentro do envelope havia fotografias do local do crime e uma cópia da carteira de motorista da vítima. Foi a primeira comunicação do BTK desde 1979.
  • Dezembro 15, 2004: Foi encontrado um pacote em um parque, por um transeunte, contendo a carteira de motorista de uma vítima ainda não conhecida. O pacote foi enviado ao FBI.
  • Janeiro 25, 2005: A rede de TV KAKE recebeu um cartão postal que os levou a uma caixa de cereais com as letras BTK escritas sobre ela. O endereço do remetente no cartão postal era de uma das vítimas do BTK.
  • Fevereiro 16, 2005: A rede de TV KSAS recebeu um pacote contendo uma carta, uma jóia e outro objeto. Tudo foi enviado aos laboratórios do FBI.
  • 26 de Fevereiro de 2005: O chefe de polícia de Wichita, Norman Williams, anuncia a prisão de Dennis Rader. Ele é acusado de oito homicídios em 1º grau e outros dois homicídios relacionados ao BTK.
  • Curiosidades:
    Teve sua vida e crimes retratados no filme Hunt for the BTK Killer, dirigido por Stephen T. Kay e estrelado por Robert Forster e Gregg Henry.

    comentários
    1. Bruno Lima disse:

      Bom,ótimas táticas e sutileza ao executa-las.
      Realmente o envio de cartas é muito arriscado,mais quem o faz,tbm agrega muita cautela.

      ^^

    Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s