Métodos de execução (Parte I)

Publicado: junho 1, 2009 por Mellanye em - Métodos de Execução, - Sobre

ENFORCAMENTO:

O enforcamento pode ser encarado como uma forma de excução ou de suicídio. Desde o império Persa que ao longo da história vem sendo usado como forma de aplicar a pena capital.
Atualmente ainda é aplicado legalmente para cumprir as sentenças de pena de morte em países como a Índia, Malásia, Singapura e até nos Estados Unidos, além dos países islâmicos como Irã, Arábia Saudita, Síria entre outros.
Como forma de suicídio, o enforcamento é a segunda em países como o Canadá ou Estados Unidos, apenas ultrapassado pelas armas de fogo.

A execução na forca tem de ser cuidadosamente preparada no que concerne ao tamanho da corda a utilizar para garantir uma morte rápida e dolorosa. Se a corda for longa demais existe o risco de decapitação do condenado, se for muito curta o estrangulamento pode demorar até 45 minutos. O comprimento da corda está relacionado ao peso da vítima.
O peso da vítima ao cair deve ser suficiente para causar a morte, no entanto são raros os casos de morte instantânea.
Se o condenado tiver fortres musculos na região do pescoço, se for muito leve, se a queda for “curta”, ou o nó tiver sido mal posicionado a morte não ocorre pela quebra da coluna vertebral, mas sim por uma asfixia progressiva e lenta. Se isto ocorrer, o rosto incha, a língua projeta-se para fora da boca, o corpo defeca e ocorrem movimentos bruscos em todos os membros.
Por vezes ocorre um estranho fenomeno chamado de “ereção da morte” (angel lust), que é uma ereção pós-morte que ocorre quando um indivíduo do sexo masculino morre verticalmente ou de face para baixo permanecendo o cadáver nesta posição. Durante a vida, o bombear do sangue pelo coração assegura uma distribuição relativamente uniforme em todos os vasos sanguínios do corpo humano. Uma vez que este mecanismo terminou, apenas a força da gravidade atua no movimento do sangue.
Se um indivíduo morrer verticalmente como no enforcamento, o sangue descerá pelas pernas até aos pés. O sangue remanescente no tronco move-se para uma posição inferior devido à força da gravidade, e enquanto o sangue na cintura (que não pode descer devido aos pés que estarem “cheios”) faz com que o penis se encha com o sangue e se expanda.
O enforcamento é um método legal de execução judicial em 58 países, segundo a Anistia Internacional. Em 33 destes países, este é o único método de execução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s